Equilibrar estratégias de marketing de longo e curto prazo.

Ricardo Zanella, CEO da LATAM da Green Park Content, compartilha sua visão sobre a publicidade de ‘interrupção’ e como encontrar o equilíbrio entre ganho comercial de curto prazo e engajamento de longo prazo.

Um momento em que navegar na Internet sem interrupção e bombardeio de mensagens irrelevantes é o desejo de quem navega na Internet, seja no computador ou no celular.
Os banners digitais não são mais uma mídia eficaz para promover o engajamento, a publicidade tradicional pode ser cara e de curto prazo, entregando ao público em grande escala vendas imediatas e pequenos períodos de interação com a marca. O engajamento rápido, impulsivo e instantâneo com uma marca tende a não gerar valor a longo prazo nem aumentar a confiança; portanto, a interação é de curta duração e, com efeito, ‘esquecível’.

Em nosso cenário digital confuso, precisamos encontrar maneiras de procurar a atenção do consumidor. Ao atrair essa atenção, você ganhará confiança e interação com seu conteúdo, permitindo que você se destaque da multidão; em troca, obtendo níveis de envolvimento a longo prazo. A publicidade de interrupção não desaparece, e a necessidade de impressões e reconhecimento da marca a curto prazo pode ser benéfica, mas é crucial encontrar o equilíbrio entre o curto e o longo prazo.

O conteúdo de qualidade deve se apresentar como uma maneira credível de mostrar propósito ou valor. Portanto, entender seu público e produzir o conteúdo que eles querem, onde eles querem vê-lo e nos formatos certos é essencial para que uma marca tenha sucesso na próxima década.

Interagir com conteúdo de qualidade pode ser inesquecível o suficiente para criar um relacionamento de longo prazo com o consumidor. Ainda mais, quando esse conteúdo é direcionado para SEO e gerado a partir de uma necessidade real do consumidor.